Páginas

segunda-feira, março 21, 2011

Conversas Com o Pequeno Príncipe














Indo para escola pela manhã, carregava o boneco que ganhou no dia anterior. Pretendia mostrar seu mundo ao seu Pequeno Príncipe e lhe ensinar que naquele lugar ele poderia ser feliz.
- Eu sei que seu mundo é muito pequeno e solitário e por isso você veio do planeta B612 para a França onde você conheceu o tio Daniel que te trouxe de avião para ser meu. Você vai gostar daqui, tem um montão de coisas para a gente não se sentir sozinho.
Olhe, aquilo são os cachorros, tem um monte de ruas, os carros, mas tem que olhar dos dois lados antes de atravessar. Tem também as aves, os pombos, que eu não gosto, porque eles fazem cocô na gente e eu fico muito bravo com isso.Você vai gostar do meu mundo,aqui tem muita coisa para você não ficar sozinho.

Voltando para a casa, pensa...
- Mãe, e a rosa dele?
- É mesmo filho, lembra que ele não pode ficar sozinho sem a rosa dele.

Para, pensa mais uma vez.
- Tive uma boa idéia, vou plantar uma rosa com as minhas flores, assim ele pode morar para sempre comigo sem voltar para casa e sem ficar sozinho. Porque eu sei que ele não tem pai e nem mãe e eu vou poder ser o pai dele, para que ele não fique sozinho nunca mais vou adotar o Pequeno Principe.

Ao acabar de plantar a Rosa apresenta a flor ao Pequeno Príncipe, recriando sua história e inventando um final menos filosófo e mais feliz.

Até o Fim

video

Sozinha como sempre estive...
Não nego, me acostumei a ser só, e de tanto pensar na solidão sempre procurei viver tudo o que tinha da forma mais intensa possivel, afinal, a vida não volta atrás e se pararmos para pensar muito podemos correr o risco de deixar de viver muitas experiências que poderiam ter mudado nossas vidas e caminhos.
Vejo muitas pessoas que passaram pela minha vida como flashs que passeiam pela minha mente, diariamente me fazendo feliz, outras prefiro guardar no canto mais sombrio do meu ser, só para não me lembrar de mais uma vez chorar sentindo dor. Como todo ser humano carrego o melhor dos dois mundos em mim e entre a dor e a alegria, descubro a cada dia como forte eu sou.
Tantas palavras já disse, tantas já escrevi, delas nunca vou me arrepender, pois todas pertenceram a momentos da minha vida que me fizeram ser quem hoje eu sou. Nunca vou me arrepender de nenhum dos meus gestos de amor, por mais estupidos e desacreditados que possam ter parecido, eu posso com firmeza dizer que amei, por vezes até bem mais que a mim, mas sempre com o orgulho de nunca ter deixado de amar até o amor se desfazer em minhas mãos.
Meus sentimentos sempre foram fortes, assim como a vida me parece bruta, contudo não acredito no sentimento infinito que deixou de existir por falta de confiança e sentido. Não serei eterna para ninguém , até me orgulho disso, pois nunca desejei o poder de um Deus, antes a alma errante de um mortal que pode viver sem o medo de errar.
E é por saber que a vida segue sempre em frente que eu caminho decidida, sem saber o que vai me acontecer no final e somente tendo a certeza de que hoje estou aberta para um novo inicio, onde não posso apagar meu passado, mas posso caminhar rumo a um futuro diferene que me traga mais risos do que lágrimas, porque quando não nos sentimos mais apagados podemos cantar que a vida começa quando a gente consegue descobrir que não existe nada melhor do que ser quem sou e não o que esperam que eu seja no final.