Páginas

quarta-feira, fevereiro 25, 2009

Terra do Nunca

Imagine-se vivendo em um lugar belo onde os filhos nunca crescem e as mães são eternamente felizes. Esse lugar deveria existir,mais por fim a vida é caminhada, crescimento, não podemos impedir que nossos filhos sofram ou vivam sós. Que passem por dificuldades ou mesmo chorem.
Desde o parto muitas mães caem em profunda depressão, afinal, todo parto é uma mutilação, onde a melhor parte de nós e arrancada e jogada no mundo para crescer. Isso é estranho, intenso mais certo e nada podemos fazer contra isso.
Quando nos surpreendemos com o crescimento de nossos filhos é pelo fato de saber que cada nova atitude, cada novo ano é um passo rumo a idependência total.Nossa figura de super herois cada dia mais vai se desfazendo e quando nos mostramos humanos e imperfeitos a nossos filhos sentimos vergonha. Não deveriamos sentir isso, mais sentimos,queremos ser os melhores mais erramos muito, erramos feio e vamos vivendo tendo que adimitir nossos erros sem impedir o crescimento de nossos rebentos.
Por fim, os contos de fadas não inspiram mais sonhos, nossos meninos se vão com o vento para uma terra distante e nada mágica rumo a uma evolução que nós temos que adimirar de longe sempre torcendo para que dias melhores venham, para que todas aquelas belas lições que ensinamos tenham sido aprendidas e sempre agradecendo por termos dado vida a seres que conseguem voar e enxergar mais longe do que nós nunca fomos capazes.

domingo, fevereiro 22, 2009

Encontros

" - Como eu nunca te vi antes?"
- É que antes eu estava morta para a vida, era simplesmente uma letra bonita escondida dentro de um livro fechado.
Existe algo em ti que me acalma, que faz com que eu me sinta bem. Chega ser estranho sentir-se num instante feliz por simplesmente lhe ver de longe, pois mesmo distante posso sentir teus olhos em mim. Isso não me deixa envergonhada, ao contrário, faz com que eu me sinta bem, cheia de uma paz que a tempos procurava.
Insegurança? Adimito que não tenho, apenas conservo em mim o medo de quem por muito tempo foi tratada com um total desprezo. Quando te transformam numa boneca de cera o minimo que nos ocorre é ter paciência para que o sol derreta toda a imobilidade que me impedia de olhar ao redor.
Hoje acordei pensando em ti, desejando quem sabe um olhar, um toque qualquer vindo de você. Afinal, como qualquer outra sou mulher cheia desses quereres peculiares e femininos.
Mas o respeito é maior do que o desejo, estou removendo todo o lixo que ainda resta perto de mim para quando eu lhe encontrar poder em fim, beijar-te sem pensar em mais nada além do belo encontro entre nossos olhos e nossas almas.
Á ti paciência, quero ser tua inteira e não pela metade. Até o nosso encontro.

sábado, fevereiro 21, 2009

Sobre ter Asas

A vida é bela e complicada, pois na mesma hora em que se acorda ao lado de uma barata, também podemos nos dar asas e voar. Basta olhar a vida sempre com uma nova perspectiva, como se cada dia fosse o ultimo para se viver e cada instante fosse repleto de momentos para não se arrepender.
A sensação de se ter asas e poder voar é leve como o instante em que repleto de paz na alma você deita na grama e adimira o céu. Poucos se lembram de olhar para cima, como gado andam de cabeça baixa ou sempre olhando para frente numa linha reta que nos leva simplesmente a morte.
Prefiro ficar para trás, olhar tudo ao meu redor, encarar as pessoas nos olhos, afinal, não tenho do que me envergonhar, vivo com intensidade a vida que resolveram me dar, sempre buscando oferecer a todos os que me rodeiam o melhor de mim, pois o pior já temos aos baldes.
Minha vida não é mais ou menos interessante do que a de tantos outros mortais, sou apenas uma mulher que vive no mundo real, se expõem neste mundo virtual para poder mostrar a todos que a existência humana pode e deve ser contemplada.
A FRANCISCO, MEU CARO LEITOR, AGRADEÇO PELAS VISITAS. ESPERO QUE TU VIVAS INTENSAMENTE TUAS VIDAS.

quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Percepção

Após ter passado uma vida respirando você, hoje acordei sentido uma brisa diferente tomando conta da minha mente e ela não tinha teu cheiro. Foi como se hoje eu tivesse começado uma vida nova, diferente daquela onde as pessoas não me notavam, onde eu não valia nada quando comparada a um belo sonho impossível.
Depois de anos não reconhecendo a imagem que eu olhava no espelho hoje sei quem eu sou. Na verdade eu estava escondida dentro de uma casca vazia, mais nunca me trai tanto a ponto de sair de mim.
Ainda continuo achando toda a forma de beleza estética fugaz, porém hoje noto que não devo chorar pelo que não consegui ser, apenas devo agradecer por nunca ter perdido no meio do caminho aquilo que eu real sou. Possuo uma beleza que jamais será encontrada em outro lugar, uma beleza rara chamada crença na humanidade e no melhor de mim.
Hoje ao lembrar de ti não chorei, não senti dor, não senti nada, parecia estar anestesiada contra a dor que tu me causas. Em meio a minha dormência um vento soprou uma verdade em meus ouvidos: Eu não preciso de ti, você precisava de mim.
Aos poucos compreendo porque você nunca me amou, teu orgulho de saber-se menor que uma simples garota era maior, a descrença em nós era na verdade um sintoma que sentes por ti.
Dói tanto a certeza de que não preciso de ti, porque nessa minha outra vida eu tanto te quis, me diminui para precisar da tua força, daquela que você não tinha nem para erguer os olhos para o céu.
Hoje caminhando com amigos vi ao longe tua imagem, estavas acompanhado distante de mim, mas já não senti a dor que outrora me fez cair, apenas caminhei para frente determinada como sempre e quando com cautela olhei pro lado percebi que um outro alguém olhava para mim, neste momento compreendi que uma nova vida espera por mim.
Obrigada pelas asas já posso sentir novos ares ao me despedir de ti. ADEUS.

quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Como Crescer


video


Deixo aqui para apreciação de todos um poema de um dos meus poetas favoritas, Fernando Pessoa, pois existem dias em que nossas próprias palavras não são capazes de dizer o que sentimos.

terça-feira, fevereiro 10, 2009

Vazio

Tolas são as meninas que se apaixonam por poetas,
Perdem-se tanto em meio a beleza das palavras
Trasformando estruturas textuais bem elaboradas
Em imagens que merecem ser amadas

Mais quem é o poeta além de um homem,
Que come,dorme,caga e respira?
Será que ele sente todos os sentimentos incondicionalmente
Ou apenas estrutura sua vida em uma linha?

Dos poetas eu sinto pena
São tão cheios de palavras e tão vazios de vida
Sempre condicio a ter ao seu lado meninas
Que amam suas palavras, mas não enxergam em seus olhos poesia

Na vida o poeta acaba sendo um punhado de linhas.

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Oração para o Esquecimento


video

PEDAÇO DE MIM, Belissa Musica de Chico Buarque intepretada por Oswaldo Montenegro

ARRANCA DE MIM ESSE SENTIMENTO SEM SENTIDO E ME FAÇA ACORDAR EM UM MUNDO MAIS LINDO.

Desejos

Só por hoje não gostaria de me sentir tão vazia, queria poder contar com a força de alguém que viesse a mim apenas com um objetivo: ficar ao meu lado sem nada esperar.
Não estou acostumada a não oferecer nada a ninguém, mas só por hoje eu queria alguém que pudesse me abraçar e dizer:
- VAI PASSAR.
Gostaria de acordar em uma casa onde eu pudesse ver o sol entrando pela janela, onde eu pudesse olhar para o lado e perceber o sorriso nos lábios do meu filho que ri enquanto dorme. Hoje ele acorda chorando enquanto eu choro madrugada adentro.
Só por um segundo gostaria de perceber em outro ser amor por mim não desejo, pois este é fácil demais de se saciar e no fim parecemos estatuas de cera quentes de prazer. Gozar é bom, amar é pleno, por isso mais valioso.
Por vezes gostaria de usar esses meus olhos para seduzir apenas, assim não sentiria nem a metade da dor que hoje me toma, seria mais um rosto bonito no meio de tantos outros que esperam ser vistos e reverenciados.
Queria conhecer alguém que me cativasse, que fosse assim chegando aos poucos sem tocar nas minhas feridas e me mostra-se que a vida pode ser plena e pura. Mas tudo que tenho ao meu redor são pessoas que esperam de mim,cobram de mim, roubam até a ultima gota do meu afeto para depois me matarem em vida com suas doces sabotagens cretinas.
Por hoje eu gostaria de um abraço e o convite para ouvir um som acompanhado de uma leve escuridão que trouxesse paz para o meu coração.

domingo, fevereiro 01, 2009

Lógico

Nunca desejei tanto ter algo exato na minha frente quanto no dia em que me deparei com as lágrimas de uma criança que me perguntava: "POR QUÊ"?
Se aquele pequeno ser tivesse um manual ou mesmo uma resolução concreta e pronta guardada dentro de um livro, jamais me permitiria errar de maneira tão tola e absurda.
Quando você se vê chorando no escuro e adimirando um rosto tão puro você responde a si mesma: PORQUE EU MESMA NÃO SEI...
Sempre disse que acreditava no lado humano, mas vejo que esqueci do lado humano em mim. Como eu fui capaz de ignorar aquela pequena presença a minha frente, aquele meu pedaço arrancado que tem vida própria e espera cada dia mais de mim?
Ser exemplo me cansa, ser sozinha me dá medo, ver aquela criança chorando me apavorou. Nunca me senti tão pequena, tão frágil, tão cretina, tão egoista...
Hoje compreendo que filhos não acontecem por acaso eles sempre vem ao mundo com uma missão e o meu veio com o dom de me mostrar que eu posso e devo ser mais do que uma solitária, mais do que uma musa ou mulher de palavras escritas e atitudes mudas. Percebo que ao passo que ele cresce eu envelheço e isso não é assustador, isso é humano, isto é vida, é evolução.
Por toda minha vida esperei alguém que seria capaz de me dizer a palavra certa, agora vejo que já é hora de acabar com essa história, pois a unica pessoa capaz de me dar respostas sou eu mesma enquanto uma outra pessoa espera por palavras que saiam de mim.